news

Reflexões sobre a velhice na sociedade contemporânea em Moscovo. Conversa sobre o livro "A força dos anos"

12 Abril 2016 - MOSCOU, RÚSSIA

ELDERLYBooksMoscow

Compartilhe Em

Sexta-feira  8 de Abril, no Salão da Biblioteca de Literatura Estrangeira, a Comunidade de Sant'Egidio organizou uma mesa redonda sobre a velhice na sociedade contemporânea, por ocasião ocasião da edição russa do livro "A força dos anos: lições de velhice para jovens e famílias".

Na tarde participaram o jornalista Vladimir Pozner, a escritora Ljudmila Ulizkaja, o presidente da Comissão para a caridade da cidade de Moscovo padre Mikhail Potokin, o sociólogo Dmitry Rogozin, Svetlana fayn e Alessandro Salacone, da Comunidade de Sant’Egidio.

Os relatores destacaram a necessidade urgente de fazer crescer uma "cultura de cuidado com os idosos" na sociedade russa, que ainda é muito fraca. Nesse sentido, concordaram - a partir de diferentes pontos de vista - que não só as instituições, mas todos podem contribuir para o crescimento desta sensibilidade, a partir de si mesmo a olhar para a velhice não como um problema, mas como uma oportunidade. Além disso em todos os relatórios destacou-se a necessidade de promover a todos os níveis a assistência domiciliar dos serviços para idosos como uma alternativa à institucionalização. A edição russa da "A força dos anos" será uma ferramenta muito útil para este fim. 

Entre os convidados, no salão lotado, muitos jovens, professores universitários, representantes de várias fundações e associações que lidam com idosos.