news

Para o Dia da Criança Africana, Sant'Egidio dá voz aos meninos de rua do Malawi

10 Junho 2021 - BLANTYRE, MALAWI

Malawi
AfricachildrenDay of the African Child

Compartilhe Em

Desde 1991, a África celebra o Dia da Criança Africana em Junho, uma ocasião para fazer um balanço e reflectir sobre a condição dos menores no continente.
A escolha desta data está enraizada na memória do massacre que teve lugar a 16 de Junho de 1976 em Soweto, África do Sul. Milhares de meninos e meninas em idade escolar foram para as ruas pedir para serem autorizados a estudar nas suas línguas nativas, e o regime ordenou que disparassem sobre os meninos que estavam a protestar durante os anos do apartheid.

Sant'Egidio no Malawi quis celebrar o aniversário, concentrando-se na condição das crianças de rua que a Comunidade visita, apoia e cuida durante todo o ano.
Para estas meninas e meninos, os encontros com os amigos de Sant'Egidio são momentos de grande alegria no contexto de uma vida difícil. O conforto da comida, mas acima de tudo a familiaridade, tornam estes momentos especiais. Cada um é conhecido pelo nome e para cada um é procurada uma solução possível para o tirar da rua.

Fazemos algumas perguntas a Dyna Tembo, a responsável do serviço para crianças de rua no Malawi:

Como começou a cuidar das crianças de rua?


Vimos uma grande necessidade nestas crianças e ninguém cuidava delas. A sociedade classifica as crianças de rua como ladrões e considera-as apenas como um incómodo, um descarte, esquecendo-se de que têm uma história dolorosa para contar e precisam de ser ouvidas. Começámos a encontrá-los e a escutá-las a fim de ser para elas a "oportunidade" da mudança que procuram nas suas vidas.

Como é que acontece que uma criança acabe por viver na rua?

Um estudo recente indicou que no Malawi, pelo menos 98% das crianças de rua têm pelo menos um dos pais ou parente. Apenas 2% são órfãos. As principais causas que levam as crianças a viver nas ruas são a pobreza, habitações degradadas e superlotadas e também a negligência emocional e física por parte das famílias,ue são frequentemente muito pobres e privadas a si próprias.

Qual é o maior sofrimento para estas crianças?

Estas crianças vivem em extrema pobreza e carecem de tudo o que é necessário: comida, roupa, a possibilidade de providenciar a sua própria higiene pessoal, mas acima de tudo posso dizer que sofrem de falta de carinho, algumas delas nunca receberam sentimentos de amor mesmo dos seus pais ou outros familiares próximos.

Quais são os maiores perigos para as crianças de rua?

O maior risco é o de abuso. Vivem na rua, mendigando ou fazendo pequenos trabalhos, muitas vezes têm medo de ser presos pela polícia por vagabundagem. As meninas, em particular, correm o risco de serem abusadas sexualmente.

Pode contar-nos uma história de sucesso?

Tivemos algumas histórias de resgate, mas uma que me impressionou particularmente foi a de um menino de 15 anos que tinha abandonado a escola, inscrevemo-lo num curso de formação profissional. Conseguiu terminar o curso, tornou-se pedreiro e é agora empregado por uma empresa de construção.

Quais são os próximos compromissos de Sant'Egidio para ajudar as crianças de rua?

O próximo projecto de Sant'Egidio é a construção de uma casa, o edifício está bem encaminhado e esperamos terminá-lo nos próximos meses. Uma casa onde as crianças possam viver com a nossa ajuda, um lugar para as salvar da precariedade e dos abusos diários que sofrem na rua e ao mesmo tempo para as reintegrar na escola, dando-lhes uma oportunidade de educação e um futuro.
Esta casa será também um passo importante para encorajar um processo de reintegração dos meninos, uma vez que, para alguns deles, o objectivo final é reintegrá-los nas suas famílias. Esperamos poder em breve começar a acolher algumas meninas.





 



Para o Dia da Criança Africana, Sant'Egidio dá voz aos meninos de rua do Malawi
Para o Dia da Criança Africana, Sant'Egidio dá voz aos meninos de rua do Malawi
Para o Dia da Criança Africana, Sant'Egidio dá voz aos meninos de rua do Malawi
Para o Dia da Criança Africana, Sant'Egidio dá voz aos meninos de rua do Malawi
Para o Dia da Criança Africana, Sant'Egidio dá voz aos meninos de rua do Malawi
Para o Dia da Criança Africana, Sant'Egidio dá voz aos meninos de rua do Malawi