news

Dar de comer aos idosos em Moçambique: distribuição de ajuda alimentar aos mais pobres da cidade de Beira

22 Outubro 2017 - BEIRA, MOÇAMBIQUE

ELDERLYMozambiqueYouth for Peace

Compartilhe Em

Ao andar pelas ruas da Beira, em Moçambique, pode acontecer de encontrar idosos que pedem esmola ou que mexem no lixo em busca de algo útil para viver. Alguns deles foram abandonados pelos familiares por razões econômicas, outros são até acusados de feitiçaria pela sua longevidade, algo considerado estranho num país onde muitos morrem jovens por causa da SIDA.

Desde muitos anos, a Comunidade de Sant'Egidio está ao lado dos idosos mais pobres da Beira, apoiando-os nas suas necessidades: alimentação, saúde, a casa e outras necessidades. Ao longo do tempo, surgiu uma amizade que ligou cada vez mais os jovens da comunidade aos idosos.

Uma ajuda concreta veio recentemente através do projecto da Cooperação italiana em colaboração com Sant'Egidio, intitulado "Apoio nutricional às populações vulneráveis deSofala", que permitiu fornecer aos idosos idosos com mais dificuldades um apoio alimentar significativo por vários meses. 

As pessoas idosas envolvidas, cerca de 250, recebem arroz, feijão, açúcar, azeite e outros tipos de necessidades básicas todos os meses.

"Agora já não tenho que sofrer fome como dantes!" Disse Annette, uma idosa do populoso bairro da Munhava, que acrescentou: “Agora que estou a comer, também posso tomar os medicamentos prescritos pelo meu médico”.

Alguns idosos são tão fracos que não conseguem leventar a ajuda junto a casa de Sant'Egidio. É por isso que os Jovens pela Paz andam pela cidade em busca das palhotas onde os mais doentes vivem, para lhes trazer a comida necessária. Com o passar do tempo, por estes idosos os jovens já não são apenas voluntários que transportam alimentos, mas "netos adoptivos" com quem conversar, passar o tempo e se sentir de novo como numa família.