news

Adoções à distância no Haiti: um futuro diferente para Dana e as outras crianças, começa com a escola

17 Julho 2017 - PORT-AU-PRINCE, HAITI

HaitiDistance Adoptions

Compartilhe Em

La casa di DanaTerminou à pouco o ano letivo para Dana e para as outras crianças da escola "Lakay Mwen" de Port-au-Prince no Haiti, apoiados pelo programa  de adoções à distância da Comunidade Sant'Egidio.

O país sai lentamente de um período de incerteza política, concluído com a eleição de um novo presidente em novembro passado. No entanto, as condições são  ainda difíceis e são muitas asfamílias que vivem abaixo da linha da pobreza. A pobreza generalizada afeta sobretudo as crianças, que em muitos casos não são capazes de ir à escola.

Dana tem 12 anos, vive com sua família na periferia da cidade numa barraca de chapa metálica.
Antes do terrível terremoto que atingiu a ilha em 2010 tinham uma pequena casa de tijolos que não conseguiram ainda reconstruir.

A criança frequenta desde pequena a escola particular  "Lakay Mwen" apoiada pelo programa de adoção à distância da Comunidade Sant'Egídio, ino qual estão inscritos cerca de 2000 estudantes, 1200 no ensino primário e 800 no secundário.

Além do estudo, na escola, as crianças podem comer e fazer atividades desportivas em campos equipados. Dana, que também participou os cursos de informática e costura, nos últimos anos tem desenvolvido um grande desejo de estudar e este ano obteve excelentes notas em particular em francês e geografia, os seus temas favoritos

A história de Dana representa uma esperança concreta de redenção e de futuro para a geração dos mais pequenos no Haiti.

À esquerda Dana aos 5 anos quando começou a escola e à direita Dana hoje