news

Sudão do Sul, Sant'Egidio: o diálogo pela paz inclua todas as forças envolvidas no conflito

24 Novembro 2019 - ROMA, ITÁLIA

Peace
South Sudan

Assinado em Roma uma declaração da Aliança do South Sudan Opposition Movements Alliance

Compartilhe Em

Na conclusão de três dias de negociações em Sant'Egidio, os representantes do South Sudan Opposition Movements Alliance, a coalizão dos movimentos de oposição que não aderiram ao acordo de paz de Adis Abeba em Setembro de 2018, assinaram uma declaração que foi apresentada esta manhã numa conferência de imprensa.

Após uma análise cuidadosa da difícil situação que o país enfrenta, também à luz da recente extensão do período pré-transição e do forte encorajamento do Papa Francisco por uma solução pacífica e um governo de unidade nacional, os delegados presentes em Roma, decidiram trabalhar para apoiar o processo de paz com energia renovada. "Somente através do diálogo político e da negociação - declarou o general Thomas Cirillo Swaka - o processo de paz pode avançar e abordar as causas do conflito". "É necessário incluir todas as forças envolvidas na crise, dar confiança a muitos refugiados internos e àqueles que se refugiaram nos países vizinhos", disse Mauro Garofalo, responsável das relações internacionais da Comunidade.

Os movimentos também pediram a Sant'Egidio que os acompanhasse nesse processo em direcção a um governo de unidade nacional e continuasse a envolver o governo actual, os signatários do acordo de Adis Abeba e as várias organizações regionais e internacionais.

A declaração da Aliança dos Movimentos de Oposição no Sudão do Sul  >>